Logo funcef

Institucional

Esclarecimento sobre os ativos imobiliários da FUNCEF

Resposta à matéria publicada pela revista Veja

23 de Julho de 2020

iStock.com

Em relação à reportagem Hotel Renaissance vira símbolo das perdas dos fundos de pensão na pandemia, publicada pela revista Veja, a FUNCEF esclarece:

O Hotel Renaissance é reconhecido como um dos líderes do mercado de São Paulo, sendo administrado pela Marriott Internacional, maior operadora de hotéis do mundo.

Nos últimos 9 anos, a rentabilidade acumulada do Renaissance superou em quase 60% a meta atuarial da FUNCEF, figurando como o principal destaque de sua carteira de hotéis.

Em relação aos seus principais concorrentes, o Renaissance tem apresentado desempenho consistentemente superior nos principais indicadores do segmento. Em 2019, obteve a maior receita por apartamento disponível pelo terceiro ano seguido. Também liderou em taxa de ocupação e diária média nos últimos dois anos. 

O portfólio de investimentos imobiliários da FUNCEF encerrou 2019 avaliado em R$ 6 bilhões. Com retorno expressivo de 11,65%, esta classe de ativos foi um dos destaques do exercício, batendo a meta atuarial pelo segundo ano consecutivo, após forte período de crise, entre 2015 e 2017, no qual a vacância dos imóveis cresceu e os preços caíram.

Ao contrário do que afirma a reportagem, a carteira específica de imóveis gerida pela FUNCEF, que somava R$ 5,2 bilhões ao final do ano passado, apresentou resultado de 545 milhões, o que representa uma rentabilidade de 11,02%. Em 2018, os ganhos foram de R$ 436 milhões. 

A atual pandemia agravou os desafios enfrentados pelos fundos de pensão, que se somam ao novo ambiente de juros baixos. A FUNCEF, no entanto, entende que crises são parte da natureza dos ciclos econômicos. 

Com foco no longo prazo, como cabe a um investidor institucional, adoção das melhores práticas do mercado e confiança na capacidade do seu corpo técnico, a FUNCEF trabalha com o compromisso de gerir com excelência os recursos de seus milhares de participantes. 

Comunicação Social da FUNCEF 

Tags: ativos imobiliários esclarecimento funcef hotel renaissance investimentos revista veja

Mais notícias